Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
INDICE DOS ASSUNTOS   (17-10-2016)
GOLPE DE 64  (17-10-2016)
Snowden   (17-10-2016)
NOSTRADAMUS  (17-10-2016)
SÉCULO  (17-10-2016)

Rating: 3.3/5 (1374 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...




FAVELAS
FAVELAS


FAVELAS

 

 

Em muitos países pobres, elas apresentam elevadas taxas de doenças devido as péssimas condições de saneamento, desnutrição e falta de cuidados básicos de saúde. Nesses paises , muitos vivem em vielas muito estreitas que não permitem o acesso de veículos.

 

 A falta de serviços como a coleta de resíduos permitem o acúmulo de detritos em grandes quantidades, e também a  falta de infra-estrutura é causada pela natureza informal das habitações e pela ausência de planejamento.

 

Nestes  ambientes  informais, muitas vezes ocorrem  catástrofes naturais, como deslizamentos de terra,  e também catástrofes   artificiais,  como  Incêndios , muitas vezes provocados pela ligação irregular de fios de eletricidade (geralmente muito finos).

 

Favelas são normalmente caracterizadas pela elevadas taxas de pobreza e desemprego, fazendo com que muitos se seus  habitantes entrem  na economia informal.

 

O início das formações de favelas no Rio de Janeiro está ligada ao término da escravidão no Brasil,  no final do século XIX.

 

Sem posse de terras e sem opções de trabalho no campo, grande parte dos  ex-escravos (após a promulgação da Lei Áurea, em 1888 ), foram morar na CAPITAL DO BRASIL ( que era o Rio de Janeiro) .

Na então capital federal (Rio de Janeiro) , já existia um  grande contingente de ex-escravos, que pertenciam ao Senhores Feudais da região. Esta busca de moradia  daqueles que não tinha  acesso à terra, provocou a ocupação informal em locais desvalorizados, de difícil acesso e sem infra-estrutura urbana.

 

Também no momento histórico conhecido como  Guerra de Canudos, nasceu  a cidade  de Canudos , que foi construída junto a alguns morros, entre eles o Morro da Favela, assim batizado em virtude de uma planta (chamada de favela) que nascia na região.

 

Alguns dos soldados que foram para a guerra, ao regressarem ao Rio de Janeiro em 1897, deixaram de receber o salário, instalando-se em construções provisórias erigidas sobre o Morro da Providência. O local passou então a ser designado popularmente Morro da Favela, em referência à "favela" original. O nome favela ficou conhecido e após o ano de 1920,  as habitações improvisadas, sem infra-estrutura, que ocupavam os morros passaram a ser chamadas de favelas.

 

Grandes  reformas urbanas foram  promovidas pelo então prefeito da cidade Pereira Passos ( entre 1902 e 1906). Nesta reforma foram destruídos mais de 1.000 velhos prédios residenciais, a maioria composta de habitações coletivas (conhecidas como cortiços) que existiam nas áreas centrais do Rio de Janeiro. Estas pessoas foram expulsas para a periferia da cidade que, no caso, consiste basicamente de morros,  que contribuiu para  a formação das favelas como conhecemos atualmente.

 

A Rocinha (no Rio de Janeiro)  é a maior favela do Brasil, mas a maior favela da América do Sul  fica na Venezuela , na cidade de Caracas (capital da Venezuela), é a  favela de Petare, com dimensões três vezes superior à Rocinha.

 São Paulo também tem grande quantidade de favelas.

As cidades: Fortaleza, Salvador, Recife, Guarulhos, Curitiba, Belo Horizonte, Osasco, Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes, Campinas, São Gonçalo, Duque de Caxias e  Nova Iguaçu, também possuem favelas, bem menores que as descritas acima.