Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
INDICE DOS ASSUNTOS   (17-10-2016)
GOLPE DE 64  (17-10-2016)
Snowden   (17-10-2016)
NOSTRADAMUS  (17-10-2016)
SÉCULO  (17-10-2016)

Rating: 3.4/5 (1310 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...




INQUISIÇÃO
INQUISIÇÃO


23-10-2013 Santa Inquisição :  "Não permitirás que viva uma feiticeira" (Êxodo – Cap. XXII – Versículo XVIII)

Inquisição foi o ato de indagar, investigar, interrogar judicialmente. No caso da Santa Inquisição, significou "questionar judicialmente aqueles que, de uma forma ou de outra, se  opunham aos preceitos da Igreja Católica", também conhecida como Santo Ofício, foi um tribunal eclesiástico criado com a finalidade oficial de investigar e punir os crimes contra a fé católica.

Também foi utilizada como um meio de coação, de forma a manipular as autoridades como meio de obter vantagens políticas.

No século IV,  a Igreja Católica  havia tomado santuários e templos sagrados de povos pagãos.

Nos primórdios do  Catolicismo, acreditavam que os pagãos continuariam a freqüentar  estes lugares sagrados para reverenciarem seus Deuses.

A Santa Inquisição teve seu início no ano de 1184, em Verona, com o Papa Lúcio III.

Em 1198, o Papa Inocêncio III havia liderado uma cruzada contra os hereges do sul da França, promovendo execuções em massa.

Em 1229, sob a liderança do Papa Gregório IX, foi oficialmente criado a Inquisição ou Tribunal do Santo Ofício.

Em 1252, o Papa Inocêncio IV publicou um documento  que foi fundamental na execução do plano de exterminar os hereges.

Em 1320, a Igreja católica declarou oficialmente que a Bruxaria, e a Antiga Religião dos pagãos constituíam um movimento e uma "ameaça  hostil" ao cristianismo.

Os inquisidores eram doutores em Teologia, Direito Canônico e Civil.

Inquisidores e informantes eram muito bem pagos, deveriam ter no mínimo 40 anos de idade, sua autoridade era outorgada pelo Papa através de uma bula,   e recebiam uma  parte das propriedades e riquezas, quando a vítima fosse condenada.

As autoridades civis, eram ordenadas a queimar os hereges. Camponeses eram incentivados através de recompensas financeiras,  a cooperarem com os             inquisidores. A caça às Bruxas tornou-se muito lucrativa. Geralmente as vítimas não conheciam seus acusadores.

O processo de acusação, julgamento e execução era rápido e  sem direito à defesa. Ao réu, a única alternativa era confessar e retratar-se, renunciar sua fé e aceitar o domínio e a autoridade da Igreja Católica. Os direitos de liberdade e de livre escolha não eram respeitados. Os acusados eram feitos prisioneiros e, sob tortura, obrigados a             confessarem sua condição de heresia .

As mulheres, eram, na maioria das vezes, vítimas de estupro e a execução era realizada em praça pública.

Punir publicamente era uma forma de coagir e intimidar a população.  

Em 1486 foi publicado um livro chamado Malleus Maleficarum (Martelo das Bruxas) escrito por dois monges dominicanos, Heinrich Kramer e James Sprenger. Era uma espécie de manual que ensinava  os inquisidores a reconhecerem as bruxas e seus disfarces, além de identificar seus supostos malefícios, investigá-las e condená-las legalmente. Além disso, também continha instruções             detalhadas de como torturar os acusados de bruxaria para que  confessassem seus supostos crimes.

No massacre de Merindol, 500 mulheres foram trancadas em um celeiro ao qual atearam fogo.

Os julgamentos em Toulouse, na França, em 1335,             levaram diversas pessoas à fogueira.

700  feiticeiros foram queimados em Treves e  quinhentos em Bamberg.

Com exceção da Inglaterra e dos EUA, os acusados eram queimados em estacas.

Na Itália e Espanha, as vítimas eram queimadas vivas. Na França, Escócia e Alemanha, usavam madeiras verdes para prolongar o sofrimento dos condenados.

Ainda, a noite de 24 de agosto de 1572, que ficou conhecida como "A noite de São Bartolomeu", foi considerada "a mais horrível entre as ações inquisidoras de todos os séculos".

Em Cuba iniciou-se em 1516 sob o comando de dom Juan de Quevedo, bispo de Cuba, que eliminou 75 hereges.

Em 1692, no povoado de Salem, Nova Inglaterra (atual E.U.A.), 19 pessoas foram enforcadas após uma histeria coletiva de acusações.

No Brasil há notícias de que a Inquisição atuou no século XVIII. No período entre 1721 e 1777, 139 pessoas foram queimadas vivas.

No século XVIII chega ao fim às perseguições aos pagãos, sendo que a lei da Inquisição permaneceu em vigor até meados do século XX.

Na Escócia, a lei foi abolida em 1736, na França em 1772, e na Espanha em 1834.

A influência da Inquisição foi muito abrangente, quase mundial.

 

 

Conspirações  do Vaticano

A Igreja Católica Romana foi fundada oficialmente pelo Imperador pagão  Constantino e pelo Bispo cristão Silvestre em 314, d.C., com o rótulo de cristã.

Foi constituída numa mistura ecumênica religiosa de cristianismo, judaísmo e paganismo.

Algumas atitudes erradas do Catolicismo.

 -A Inquisição (descrito acima).

-No dia 24 de Agosto de 1527, os Católicos Romanos da França, seguindo um plano  premeditado, sob a influência jesuíta, assassinaram 70.000 protestantes.

-A Igreja dizia ao povo que se livraria dos pecados se pagassem indulgências, desta forma  receberam muitos donativos.

-A Igreja é contra o uso do preservativo, alegando que ele não é 100% eficaz ( atualmente sabemos que é 98% eficaz) . O preservativo previne a AIDS, mas parece que o Vaticano não dá importância a esse pormenor.

-Nos últimos 10 anos, a Igreja Católica escondeu do público registros de abusos  sexuais, pedofilia e violação de freiras .

 

 

 

Vaticano e Pedofilia :

 

O Vaticano elaborou há mais de 35 anos um documento confidencial , que revela uma política de total descrição em casos de abusos sexuais  cometidos por sacerdotes.

A denúncia foi feita pelo canal americano CBS, o documento escrito em 1962 pelo  cardeal Alfredo Ottaviani, diz que qualquer pessoa que falesse de casos de abuso  sexual poderia ser expulsa da Igreja. Refere-se ainda  aos piores casos, incluindo  ''abusos sexuais de jovens de qualquer sexo ou animais por sacerdotes''.

Nos EUA a Igreja católica foi  manchada pelos escândalos sexuais, o Arcebispo  de Boston aceitou 85 milhões de dólares  para pôr fim a 542 processos por abuso sexual.

Uma investigação de 6 meses á arquidiocese de Boston, reconheceu  cerca de 789 vítimas de abuso sexual  que acusavam 237 sacerdotes da região.

O vaticano para evitar escândalos preferia transferir os padres e manter silêncio sobre os escândalos de pedofilia !