Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
INDICE DOS ASSUNTOS   (17-10-2016)
GOLPE DE 64  (17-10-2016)
Snowden   (17-10-2016)
NOSTRADAMUS  (17-10-2016)
SÉCULO  (17-10-2016)

Rating: 3.3/5 (1402 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...




LEI SECA
LEI SECA


LEI SECA AMERICANA

Para acabar com os problemas sociais, os Estados Unidos decidiram banir as bebidas alcoólicas. Em vigor de 1920 a 1933, a Lei Seca se tornou um grande fracasso e fez a influencia da máfia.

Ex-jogador de beisebol, o reverendo Billy Sunday era um dos religiosos mais populares dos Estados Unidos.

 

Ele adotou um tom épico naquele 16 de janeiro de 1920, diante de uma  platéia de 10 mil fiéis, na cidade de Norfolk. Prometia  fazer das prisões fábricas e das cadeias armazéns.

No mesmo dia, a Constituição americana ganhara sua 18ª emenda, proibindo a fabricação, o comércio, o transporte, a importação e a exportação de bebidas alcoólicas. Era a Lei Seca, adotada com o objetivo de salvar o país de problemas que iam da pobreza à violência. Sunday e muitos outros americanos acreditavam que todos esses males  eram consequencia do álcool.

Em vigor  por 13 anos, a emenda se tornou um dos maiores fracassos legislativos de todos os tempos. Em vez de acabar com os problemas sociais atribuídos à bebida,  a medida desmoralizou as autoridades e foi um estímulo à corrupção. Cidades como Chicago e Nova York viram a criminalidade explodir, enquanto a máfia enriquecia com o contrabando de álcool.

Apesar de ter o apoio de muitos setores da sociedade, a Lei Seca foi ignorada por milhões de americanos. Não importava a classe social: quem queria beber , bebia escondido .

Muitos iam para o Canadá e voltavam com caminhonetes e lanchas cheias de bebida. Outros faziam na casa o próprio uísque. Sob a Lei Seca, os bebedores se encontravam em bares clandestinos, muitas vezes subterrâneos, nos quais era preciso falar baixo para não chamar atenção.

Neste vácuo de demanda surgiram os gângsteres, em sua maioria, imigrantes vindos de países como Itália e Irlanda. Antes da Lei Seca, esses mafiosos viviam do jogo e da prostituição. Passaram então a dominar também os milionários negócios com bebidas, corrompendo policiais, elegendo politicos e matando seus concorrentes.

Em Nova York, o principal mafioso era o siciliano Joseph Bonanno , que inspirou o livro e filme “O Poderoso Chefão “.

Esta situação tornou lendário Alphonse Capone. Filho de napolitanos, ele nasceu em 1899, em Nova York. Conheceu Johnny Torrio aos 14 anos e, com a Lei Seca, passou a auxiliá-lo no contrabando de bebidas em Chicago.  Apesar de todos os assassinatos e outros crimes atribuídos a Capone, foi a sonegação de impostos que o pôs na cadeia.

Em 1931, graças às investigações conduzidas pelo agente fiscal Eliot Ness, líder dos "Intocáveis" (grupo de agentes que combatia a máfia), Capone passou cinco anos na penitenciária de Alcatraz, na Califórnia. Morreria em liberdade, no dia 25 de janeiro de 1947 - apenas cinco dias antes de Andrew Volstead, o "pai" da Lei Seca.

Outra obra que descreve este clima é “ O Grande Gatsby”,  de 1925, obra-prima do americano F. Scott Fitzgerald. O personagem-título é um contrabandista de bebidas que promove festas regadas a coquetéis.

 Muitos uísques, runs e gins da época eram feitos de maneira tosca. Alguns continham substâncias tóxicas na formula - como alvejante, solvente de tinta e formol. A baixa qualidade das bebidas contribuiu para que os casos de morte por cirrose nos Estados Unidos praticamente não diminuíssem durante a Lei Seca.

Mas nem todas as mortes relacionadas à bebida tinham a ver com o fígado. Entre 1920 e 1935, as taxas de assassinato cresceram 30% nos Estados Unidos.

A situação mudou com a quebra da Bolsa de Valores de Nova York, em 1929: indústrias fecharam as portas e famílias perderam todo o dinheiro que tinham. Começava a Grande Depressão - que deixaria um em cada quatro americanos desempregado.

A crise foi decisiva para que a Lei Seca acabasse. Seus inimigos começaram a dizer que legalizar as bebidas criaria empregos, estimularia a economia e aumentaria a arrecadação de impostos. Em março de 1933, dias depois de assumir a presidência, Franklin Roosevelt pediu ao Congresso que legalizasse a cerveja.

Finalmente, em 5 de dezembro, a Lei Seca se tornou a única emenda da Constituição americana a ser revogada.

O volume de bebidas ingerido pela população diminuiu com a Lei Seca Americana. O número de litros consumido em 1915 (último ano em que houve esse levantamento antes de a lei entrar em vigor) só seria atingido novamente em 1970.

Quanto demora para eliminar o álcool do organismo?

Até mesmo durante a ressaca o bafômetro , apelido popular do etilômetro, é implacável e poderá registrar vestígios de álcool no corpo.

Como não é permitido o menor indício de álcool no organismo, para dirigir, é preciso ter em mente que uma bebida alcoólica demora cerca de seis horas para ser eliminada pelo organismo. O mais garantido é que, de uma maneira geral, o motorista só volte a dirigir depois de 24 horas da ingestão.

Efeitos ocasionados pelo excesso de álcool:

0,2 a 0,3g/l (1 copo cerveja ou 1 cálice pequeno de vinho): as funções mentais começam a ficar comprometidas. A percepção da distância e da velocidade é prejudicada.

0,31 a 0,5g/l (2 copos cerveja ou 1 cálice grande de vinho): o grau de vigilância diminui, assim como o campo visual. O controle cerebral relaxa, dando a sensação de calma e satisfação.

0,51 a 0,8g/l (3 ou 4 copos de cerveja ou 3 copos de vinho): reflexos retardados, dificuldades de adaptação da visão a diferenças de luminosidade; superestimação das possibilidades e minimização de riscos; e tendência à agressividade.

0,81 a 1,5g/l (grandes quantidades de bebida alcoólica): dificuldades de controlar automóveis; incapacidade de concentração e falhas de coordenação neuromuscular.

1,51 a 2g/l (grandes quantidades de bebida alcoólica): embriaguez, torpor alcoólico, dupla visão.

2,1 a 5g/l (grandes quantidades de bebida alcoólica): embriaguez profunda.

acima de 5g/l (grandes quantidades de bebida alcoólica): coma alcoólico.

Aproximadamente 90% do álcool é absorvido em 1 (uma) hora. O processo de absorção do álcool é relativamente rápido. O mesmo não ocorre com a eliminação, que demora de 6 a 8 horas e é feita através do fígado (90%), da respiração (8%) e da transpiração (2%).

 

Fonte: Detran